Holambra: Um pedacinho da Holanda no Brasil

Oioi amorXs, tudo bem com vocês?

O post de hoje é sobre viagem, um lugarzinho bem bonito desse nosso Brasil que fica no interior de São Paulo, próximo de Campinas e que eu tive a oportunidade de visitar num final de semana (30/06 a 02/07) com pessoas muito queridas. É Holambra, um pedacinho da Holanda no Brasil, também conhecida como cidade das flores. Seu nome é a junção das palavras Holanda, América e Brasil. Vou contar um pouquinho da história dessa cidade para vocês:

holambra

Portal da cidade de Holambra

A colônia holandesa de Holambra foi fundada em 1948 por um grupo de imigrantes que fugiam da Europa devastada pela guerra. A partir da emancipação política da cidade em 1992, passou-se a estimular o desenvolvimento do processo de construção de uma imagem holandesa, buscando no turismo uma diversificação das atividades econômicas. Em virtude da comercialização de flores, por alguns agricultores, surgiu, em 1981, a ideia de aproveitar a tradição de cultivo e comercialização do produto e realizar uma exposição temática, a 1ª Expoflora, que atraiu mais de 12.000 pessoas em um único final de semana.

A Expoflora é a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, realizada anualmente em Holambra para dar as boas-vindas à primavera. Hoje, mais de 300 mil turistas visitam o evento a cada ano. Nesse ano de 2017 o evento acontece do dia 25 de agosto a 24 de setembro, de sexta a domingo, das 09 hrs às 19 hrs. Mais informações sobre a Expoflora aqui.

holambra_blog

Mas além dessa exposição de flores, há algo para fazer em outras épocas do ano? A resposta é sim! Você pode ir contemplar cultura, gastronomia e costumes holandeses. Vou deixar dicas abaixo de onde comer, se hospedar e o que fazer enquanto estiver passeando por Holambra. Já adianto que é passeio para todo mundo. Pode ir com a família curtir um final de semana, com os amigos ou fazer uma viagem romântica.

Gastronomia – Onde comer

Na Rua Dória Vasconcelos você encontra diversos restaurantes com comidas para todos os gostos e também comidas típicas como o Eisbein ou joelho de porco. Eu não tive coragem de experimentar, mas quem prova diz ser o melhor joelho de porco da vida! Vou deixar abaixo alguns restaurantes da cidade. Eu jantei na Casa bela e no Martin Holandesa e experimentei os doces da Zoet en Zout.

  • The Old Dutch
  • Martin Holandesa (peça de sobremesa a torta holandesa com stroopwafel)
  • Casa bela
  • Tratterie Holandesa
  • Mais Coxinha (porque coxinha é vida)
  • Zoet en Zout (perdição, gostei da torta de damasco)
  • Sushi Bloem
IMG_2609.JPG

Doces da Zoet en Zout

Não deixe de comprar o Stroopwafel, tradicional bolacha holandesa, formada por duas finas partes de massa, unidas por uma calda, em formato de disco. Sugere-se deixar como tampa de copo de alguma bebida quente, como chá ou café para derreter a calda. Compre da marca Oma Beppie. Eu fiquei maluca quando descobri que a Oma Beppie só abre durante a semana, mas depois percebi que é fácil encontrar a bolachinha em diversos lugares da cidade, como restaurantes e cafés.

cf8f9815235d780a25497a1d3443854f

Stroopwafel – deixe derreter com o vapor do café ou chá

Happy Hour – Bares e Pubs

Para se distrair e tomar uma cervejinha gourmet ou um drink, vale a pena visitar um dos bares ou pubs da cidade, mas cuidado com o horário se você é de cidade grande e está acostumado a ter vida de morcego como eu, porque é cidade pequena e as coisas fecham cedo (ou horário normal para algumas pessoas). Vou deixar algumas sugestões abaixo, mas só consegui visitar o Bier Trunk, onde fui com meu namorado e cunhados/amigos e pedimos chop Eisenbahn, onion rings e filet mignon com molho de gorgonzola. Mas no dia de ir embora descobrimos que o Vila de São Paulo parece ser o local mais agitado.

  • Vila de São Paulo
  • Bier Trunk Pub Bar
  • Deck 237 Restaurante & Bar
  • Empório Rotterdam Premium
Processed with VSCO with a6 preset

Happy hour no Bier Trunk Pub

Onde se hospedar – Hotéis

Perto do centro da cidade há alguns hotéis, com preços variados, sendo mais acessível fora da época da Expoflora que é quando a cidade recebe diversos turistas e os hotéis adotam preço de temporada. Por ser uma cidade pequena, não possui tantos hotéis no geral, mas vale também procurar nas cidades vizinhas como Jaguariúna (cerca de 15 km de Holambra) e Paulínia (um pouco mais longe, cerca de 40 km). Vou deixar listados alguns hotéis, mas eu fiquei no Villa de Holanda e o que mais gostei do hotel foi sua localização, perto da Rua Dória Vasconcelos, com lojas, mercado e farmácia ao redor.

  • Top Centrum Hotel
  • Parque Hotel Holambra
  • Parque Hotel Villa de Holanda
  • Holambra Garden Hotel
  • Hotel Villa de Holanda (nos hospedamos nesse hotel)
  • Oca Pousada
  • Hotel Ibis Paulínia
  • Rancho da Cachaça
  • Pousada Europa
  • Hotel Metrópole Paulínia
  • Matiz Jaguariúna
  • Vitória Hotel Convention Paulínia
Destaque Topo com sol

Hotel Villa de Holanda

 

 Souveniers – Onde comprar lembrancinhas
Em diversos pontos da cidade você pode encontrar lembrancinhas para presentear a família ou mesmo para guardar de recordação, mas o local preferido pelos turistas está na Rua Dória Vasconcelos, a Casa Bela, uma lojinha repleta de mimos e lembrancinhas para agradar a todos, como sapatinhos holandeses, mini moinhos de porcelana, pratos decorativos entre diversas outras opções.

 

doria vasconcelos.JPG

Rua Doria Vasconcelos – Comércios e restaurantes

Turismo – Passeios pela cidade

A cidade é muito bonita e vale a pena dedicar 1 ou 2 dias para conhecer seus pontos principais, se encantar com sua beleza e aprender alguns costumes holandeses. Por ser tudo muito próximo um do outro, com organização e disposição, você consegue fazer um tour por toda cidade em apenas 1 dia. Vou listar os passeios pela cidade, mas minhas dicas são: visitar o Moinho Povos Unidos e subir até o seu topo por umas escadinhas íngremes e curtas (a medrosa aqui quase desistiu no meio da missão), passear pelas ruas principais e admirar as casinhas com arquitetura holandesa e para os apaixonados indico visitar o Deck do Amor e deixar seu cadeado na grade e contemplar um lindo pôr do sol.

Moinho Povos Unidos

  • Tirar foto no Grande Portal Turístico ao chegar na cidade
  • Visitar o Portal do Moinho e o Moinho Povos Unidos
  • Passear pelas ruas principais e admirar casinhas coloridas e com arquitetura holandesa (Rua Dória Vasconcelos é a rua que tem as lojinhas coloridas)
  • Visitar o Recinto Expoflora (também tem casinhas coloridas e é onde ocorre o evento Expoflora nas datas determinadas)
  • Comprar souvenir na Casa Bela (fica na Rua Dória Vasconcelos)
  • Visitar o Museu Histórico e Cultural
  • Passear em fazendas de flores e tirar lindas fotos
  • Pendurar seu cadeado no Deck do Amor
  • Contemplar o pôr do sol na beira do Lago Vitória Régia
  • Visitar a Paróquia Divino Espírito Santo

Deck do Amor

Recinto Expoflora

Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho mais sobre as belezas que temos tão pertinho de nós. Guarde um dia para visitar a cidade, para quem é de São Paulo, ela fica apenas a 1h30min da capital sendo totalmente viável fazer um bate e volta ou ir em um dia e voltar no outro.

Pelo Brasil: A Suíça brasileira

Oi oi amoras, tudo bem? Vim aqui dessa vez pra falar um pouquinho sobre viagens. Aqui nesse nosso grande país o que não falta é lugares bonitos para conhecer. E uma cidade que tem conquistado meu coração é Campos do Jordão, a ‘Suíça brasileira’. Esse nome se dá pelo seu clima geladinho, sobretudo no inverno e pela sua bela arquitetura baseada nas construções europeias, além de ser um lugar mega romântico [suspiros].

Então aqui nesse post eu vou trazer dicas de locais para visitar em Campos do Jordão, com roteiros de pontos turísticos próximos uns dos outros, porque gente eu sou super turista e quero conhecer o mundo em dois dias: na verdade é o único tempo que estou livre pra fazer alguma coisa, sábado e domingo! Além disso vou dar dicas de alguns looks para vocês viajarem sempre precavidas 😉 Bora conferir então.

Separei cinco roteiros bem bacanas pra vocês conferirem o que tem de melhor em Campos do Jordão sem ficar dando voltas e voltas na cidade.

  • Para conferir o roteiro 01, clique aqui.
  • Para conferir o roteiro 02, clique aqui.
  • Para conferir o roteiro 03, clique aqui.
  • Para conferir o roteiro 04, clique aqui.
  • Para conferir o roteiro 05, clique aqui.

Vou comentar aqui os passeios que eu mais gostei em um TOP FIVE.

TOP 01: Borboletário flores que voam

Sem dúvida foi o passeio que mais gostei! Admirei a beleza da natureza e presenciei a tranquilidade das borboletas em meio a nossa presença. Alguém já tentou chegar perto de uma borboleta ao ver uma na rua? Elas saem voando (que piadinha, não? hahaha), já no Borboletário Flores que voam elas ficam tão a vontades que é possível até segurar uma pequena borboleta e admirá-la bem de pertinho, como eu fiz abaixo:

IMG_3452

Gente, é coisa de outro mundo! É mágico, lindo e apaixonante! E eu só saí de lá porque iam fechar e meio que me deram aquele olhar: “oh louca das borboletas, está na hora de ir, precisamos fechar” hahahaha. Eles fecham as 15:00 horas e tem um motivo para fechar esse horário: o nosso querido SOL. Vou explicar melhor, para se movimentarem, as borboletas precisam da energia do sol, elas captam essa energia através de suas asas e essa energia é transmitida para os músculos que movem tais asas e se a incidência dos raios solares é baixa elas já começam a se repousar. No período das 11h30 as 13h30 é o auge da beleza, elas voam por todos os lugares, é incrível! Vale muito a pena visitar esse local mágico. A entrada é R$30,00, mas tem meia entrada para estudantes, idosos e crianças de 7 a 10 anos.

IMG_3335

TOP 02: Centro de Lazer Tarundu

Gente, esse lugar é muito bacana! É um centro de lazer e atividades, é enorme e tem muita natureza ao redor. São tantas atividades legais que o essencial é ir pela manhã e sair só no final da tarde. E a diversão é pra família toda, viu? Me diverti tanto quanto uma criança se divertiria! Não é muito barato, mas também não achei absurdo, se tratando que estamos em Campos do Jordão. Lembro que eu e meu namorado pagamos R$234,00 e tivemos R$410,00 em créditos no passaporte compartilhado para duas pessoas e conseguimos fazer os dois, eu e ele: Patinação no gelo (30 min), mini golfe, arco e flecha, voltas de mini buggy, orbit ball (aquela bola que você entra e empurram morro abaixo, confesso que senti a pior sensação do mundo hahahahahahaha) e ainda sobraram R$50,00 que não conseguimos gastar porque já estava tarde e precisávamos ir embora. Mas as atividades são diversas: passeio a cavalo, tirolesas, escalada, passeio de pônei e playground para a criançada, entre outros. Se quer um pouquinho de diversão recomendo o passeio 🙂

IMG_3464

TOP 03: Aventura no Rancho

Outro lugar super bacana para se fazer atividades ao ar livre e na presença da querida natureza. Tem tirolesas enormes, arvorismo, passeios a cavalo, entre outras atividades. O passeio escolhido foi o passeio a cavalo pelos arredores da fazenda, que é enooooorme! Minha égua, a Ipuã era muito preguiçosa e comilona, parava toda hora pra comer e sempre ficava pra trás, acho que foi para combinar comigo 😀 Pagamos R$40,00 por pessoa para 30 minutos de passeio à cavalo.

IMG_3465

TOP 04: Visita a Pedra do Baú

A pedrá do baú é um monumento natural, ponto turístico sempre procurado por quem visita Campos do Jordão e pode-se chegar no seu topo através de escaladas com monitores. Para apenas contemplar a bela vista pode-se parar na Ana Chata que também faz parte do complexo do baú. A vista realmente é incrível. Ano passado podia subir de carro até este ponto, porém nessa última visita que fiz nesse ano de 2015 era necessário deixar o carro e ir andando até lá, preguiçaaa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

TOP 05: Amantikir Garden

Para quem gosta de natureza e de flores esse local é passeio garantido. Inaugurado em 2007, o Parque possui 22 jardins, que somam mais de 800 espécies de plantas e inspirações de jardins de várias partes do mundo como Espanha, França, Suíça, Inglaterra, Escócia, México, Canadá, que se integram a paisagem dominada pela mata nativa das montanhas. Passeio gostoso pela natureza, contemplando a beleza das flores e vale até arriscar um passeio pelos labirintos de plantas presentes no local.

IMG_3377 IMG_3412

Além do top 05, tem diversos outros passeios que valem super a pena, como conhecer a cervejaria Baden Baden, a fábrica de chocolates Araucária, o museu Felícia Leirner, o palácio do governo, o passeio de teleférico e o morro do elefante, o centro turístico, os bares noturnos, entre outros. Adoro viajar para Campos do Jordão e se tiver boa companhia então, a viagem fica perfeita. Se tiverem interesse por dicas de hotéis e alguma outra dúvida é só deixarem nos comentários. Beijos e até a próxima.IMG_3298